Lights in the Sky

09jan09

Há um tempo atrás eu li em algum lugar que Trent Reznor estava frustrado por não poder lançar um DVD da turnê do Nine Inch Nails feita em 2008. A turnê batizada de Lights in the Sky foi de longe o melhor show da minha vida tanto que, após ver aqui em San Francisco, dirigi até Sacramento para ver de novo. Se você quer ter uma idéia, este vídeo mostra praticamente o show completo. Pula lá pro meio que fica melhor.

O motivo de não poder registrar a turnê é a disputa dos direitos das canções mais antigas do NIN. Recentemente Trent rompeu totalmente com a gravadora e virou indepentende. Lançou o discaço The Slip gratuitamente em seu site oficial e oficialmente mandou o modelo de negócios do século passado às favas.

Pois bem.

Eis que dois dias atrás surge uma mensagem curiosa no site oficial do NIN:

1.7.09: your gift!

The internet is full of surprises these days.
I was contacted by a mysterious, shadowy group of subversives who SOMEHOW managed to film a substantial amount (over 400 GB!) of raw, unedited HD footage from three separate complete shows of our Lights in the Sky tour. Security must have been lacking at these shows because the quality of the footage is excellent.

If any of you could find a LINK to that footage I’ll bet some enterprising fans could assemble something pretty cool.

Oh yeah, you didn’t hear this from me.

Sim. Trent gravou três shows da turnê (inclusive o de Sacramento que fui) e disponibilizou TUDO para download via torrent. São QUATROCENTOS gigabobs de vídeo HD e áudio gravado direto da mesa. Simples assim. Jogou e falou “vocês aí, façam o que quiserem”.

Imediatamente o site This One Is On Us montou um esquema para editar o show de Las Vegas que encerrou a turnê. Abriu uma votação para o título do DVD e a arte da capa. O resultado vai ser um DVD que vão disponibilizar para download via torrent ou enviado pelo correio para sua casa DE GRAÇA.

Tu não paga nem a porra do selo se morar nos EUA. Trent deu o disco e os vídeos de graça, nada mais justo.

O cara está abrindo à golpes de facão o caminho para a indústria musical na era digital. Alguns dão uma mãozinha, Radiohead por exemplo. Outros ficam peidando no sofá admirando seu Basquiat na parede, como o Metallica. Mas aqui eu deixo claro novamente. Eu lambo o chão que Trent pisa. Eu bebo a água da banheira em que ele toma banho.

Eu já estou ainda que lentamente baixando o show de Sacramento. Se pudesse pendurava na parede ou tatuava no braço, mas vou ter que me contentar em assistir um milhão de vezes e reviver a paulada na orelha.

Anúncios


One Response to “Lights in the Sky”

  1. 1 Developer

    Basquiat foi a prova de que os picaretas governam o mundo.
    Vida longa a Trent Reznor. Separa um gole dessa água aí pra mim. O cara merece.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: